Um top cropped para o verão

Porque criar linha plus size da sua marca é fácil, quero ver é fazer as mesmas roupas com diferentes numerações!

Decidi que quero passar o ano novo sem sentir calor. Ok, é um pouco difícil, mas a roupa ajuda. Aí, essa semana saí com uma missão: encontrar um top cropped. As nossas mães chamavam de bustiê, nossas irmãs mais velhas de top, e a gente tá chamando de cropped. Não importa a época, a peça sempre foi quase que exclusiva para mulheres magras. O que varia nessa linha do tempo é o conceito de magreza – que mudou bastante, é fato, até falei sobre isso em um outro texto. Só que eu sou gorda. E é isso que torna uma missão a simples busca por um cropped.

Decidi ir a diversas lojas: de departamento, de rica e de pobre. A primeira foi uma loja de roupas femininas um pouco mais baratinha. Cheguei, sorri e perguntei: você tem cropped, moça? Com uma cara que parecia misturar surpresa e nojo, ela me olhou de cima a baixo (juro!) e perguntou “é pra você?”. Respondi que sim, mantendo ainda o sorriso, embora perplexa com a feição da atendente. Ela disse que tinha vários modelos, mas não sabia se tinha meu tamanho. A questão é que eu visto blusa M ou G, normalmente. O cropped M ou o G serviriam em mim normalmente. Qual a diferença, então, entre um cropped e uma blusa normal? A barriga de fora. A cara de nojo.

Nem olhei os modelos, fui para uma loja onde costumo comprar, por possuir tamanhos variados. O G é G de verdade, o que me faz vestir M ou G, e não um raro XXXG. Costumo ir na filial de Botafogo, mas essa era no Centro. Chegando, a moça foi logo pegando vestidos pra me mostrar. Ao perguntar sobre croppeds, a moça apenas apontou “ficam lá na porta” e saiu andando. Fiquei por mais uns 10 minutos lá, ela jamais olhou na minha cara novamente. Fui embora. Em seguida, fui a duas lojas de departamento, dessas grandonas. Olhei, olhei, olhei… Tinha muito cropped! Todos minúsculos. Todos. Andei até a área “plus size”. Nenhum cropped. Só bata, camisa, regata, túnica. Nenhum cropped.

Olha, eu detesto esse selo “plus size”. Eu não sou plus size, que é “tamanho maior” em inglês. Eu sou só um size (tamanho), como qualquer outro. Existem muitos sizes, de pequenininho a muito grandão. E eu me recuso a aceitar o rótulo de ser “maior que o normal”. O que é o normal? Notem, não estou depondo contra modelos plus size que desfilam nas passarelas e nem as moças que posam para marcas, todas maravilhosas e empoderadas, rompendo com a lógica homogênea do mundo da moda. Minha birra é outra, é com a indústria, que faz alguns “sizes” serem normais, e outros serem “plus”, anormais. Todas nós somos normais. E é isso que me faz ter tanta raiva de áreas “plus size” em lojas.

É claro que elas são importantes, é evidente que sem elas a gente sequer conseguiria comprar roupa, mas por que elas precisam ficar em um setor separado? Fazer uma linha plus size da sua marca é fácil. Quero ver é fazer todas as roupas de todos os tamanhos, sem distinção de modelo, cor e, principalmente, preço. Sim, um short até o 44 em loja de departamento pode custar uns 40 reais. O plus size você não acha por menos de 70.

Eu não sou tamanho maior. Eu sou um tamanho grande. Sou mais um tamanho possível, como qualquer mulher pode ser. Tenho direito de usar a roupa que eu quiser e de encontrar essas roupas em qualquer lugar, sem precisar ir a um corredor específico, separado, segregado, limitado e mais caro.

Eu só queria um cropped para o verão. Mas parece que em um mundo machista e gordofóbico, comprar uma simples peça de roupa precisa ser uma militância.

E abaixo uma sequência de gordas usando cropped. Tem nojo? Vai lá, vomita, que do meu cropped eu não abro mão.

imagem retirada de: http://lindagg.blogspot.com.br/2013/01/top-cropped-para-gordinhas-o-que-e-e_11.html

Aqui tem mais um monte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: